Mapa do Site

:: Notícia

© www.iaaf.org

© Getty Images

LORNAH KIPLAGAT QUEBRA RECORDE MUNDIAL
DE MEIA MARATONA EM UDINE - ITÁLIA

O II Campeonato Mundial de Corrida de Rua da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo) disputado em Udine, Itália, foi palco de quebra de recorde mundial da meia maratona. O feito ficou por conta da queniana, naturalizada holandesa, Lornah Kiplagat, de 33 anos, que marcou 1h06min25seg, seguida pelas atletas quenianas, Mary Keitany (1h06min48seg) e Pamela Chepchumba (1h08min06seg). As condições climáticas (16 a 21 graus Celsius, com umidade variando entre 46a 36%) ajudaram a todos os participantes. Entre as 56 mulheres participantes, 33 atletas melhoraram os seus tempos pessoais. (veja os resultados das mulheres)
Kiplagat, recebeu pela vitória 30 mil dólares, acrescido de um bônus de 50 mil dólares, pela quebra do recorde, que pertencia a atleta da África do Sul, Elana Meyer, (1h06min44seg) desde 1999. A atleta Mary Keitany, segunda colocada, que quebrou o recorde nacional do Quênia, conquistou junto com suas compatriotas Pamela Chepchumba e Everline Kimwei, o título de campeã por equipe, levando mais um importante título para esse país de grandes fundistas.

O Brasil esteve representado apenas por duas atletas e não concorreu por equipes. As atletas brasileiras Ednalva Laureano da Silva (PB) e Lucélia Peres (DF) registraram os tempos de 1h14min23seg e 1h15min39min, respectivamente, e ficando com as 41a e 48a posições entre as 56 atletas da elite mundial. Tanto Ednalva como Lucélia, não conseguiram melhorar suas marcas de 1h12min15seg e 1h13min44seg, obtidas na Meia Maratona do Rio de Janeiro no ano em curso. ( Confira os resultados das equipes femininas)

ZERSENAY TADESE (ERI) VENCE PROVA MASCULINA

A prova masculina, que largou primeiro, ao contrário do que vê na maioria das provas, obteve resultados excelentes, sem quebra de recorde mundial. Só para se avaliar o elevado nível da prova, os sete primeiros atletas registraram tempos inferiores a uma hora (sub 60'). Dos 79 participantes, 58 corredores melhoraram seus tempos pessoais.
O atleta da Eritréia Zersenay Tadese foi o grande vencedor, marcando 58min59seg. As segunda e terceira posições ficaram com os quenianos Patrick Musyoki e Evans Cheruiyot, com os tempos de 59min02seg e 59min05seg, respectivamente. (veja os resultados dos homens)

Já por equipes, o titulo de campeão, ficou também com o Quênia, que contou com a ajuda de Robert Kipchumba, marcando 1h00min47seg, na décima-quinta colocação! ( Confira os resultados das equipes masculinas
)

MARILSON BRILHA E QUEBRA RECORDE DAS AMÉRICAS DE MEIA MARATONA

Considerado o melhor fundista brasileiro da atualidade, o brasiliense Marilson Gomes da Silva não decepcionou, obtendo a excelente marca de 59min33seg, na sétima posição, 34 segundos após o vencedor da prova, e quebrando a marca sul-americana de 1h00min30seg, do também brasileiro Eduardo do Nascimento, obtida na Meia de Lisboa em 15 Mar 1998. Marilson, juntamente com o brasiliense Clodoaldo da Silva (1h02min50seg) e o atleta João de Lima (1h02min51seg), levou o Brasil a obter a expressiva nona colocação, entre dezesete equipes do mundial.

Analisando o resultado oficial da prova, constata-se a legenda "AR" ao lado do nome do Marilson, e a explicação seria que isso representaria o recorde das américas ("American Records"). Consultando o site da IAAF verificamos que o atual recorde das Américas é do norte americano Ryan Hall, com 59min43seg, obtido em 14 Jan 2007, em Houston, Texas, ficando portanto comprovado que Marilson é também o mais rápido na meia maratona das Américas. O resultado de Marilson, também é até o presente, superior ao recorde europeu, que pertence ao espanhol Fabián Roncero (59min52seg), obtido em 01 Abr 2001 em Berlin. Aliás, nesse Campeonato da IAAF dominado pelos africanos, apenas Itália e Espanha compareceram.

Leia mais no site da CBAt:

- Brasileiro feliz por integrar a elite mundial



CAMPEONATO MUNDIAL DE MEIA MARATONA DE 2008 SERÁ NO BRASIL


Em 2008 o Brasil organizará o Mundial de Corridas de Meia Maratona, que terá patrocínio da Caixa Econômica Federal e será disputado em 12 de outubro no Rio de Janeiro. O campeonato utilizará o mesmo percurso da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro.


Redação: CORDF on line - Direção-Técnica
.:: Patrocinadores ::.
CORCE - Corredores de Rua do Ceará - ©2007 - Todos os Direitos Reservados